Conteúdo Principal
UFF - Universidade Federal Fluminense

UFF Debate Brasil - Cinema Brasileiro Hoje

Sessões:
25/09 (Ter) 15:00

 

Pela importância de se comemorar 50 anos de uma sala que acompanhou as mudanças mais significativas do nosso cinema, o UFF Debate Brasil quer trazer ao público as questões que fazem do cinema brasileiro hoje  um forte e pujante polo de produção, e também entender como os gargalos da distribuição se perpetuam.

GABRIELA AMARAL ALMEIDA

É diretora, roteirista e dramaturga. Mestre em Literatura e Cinema de Horror pela UFBA e com especialização em Roteiro pela Escuela Internacional de Cine y TV (EICTV) de Cuba, escreveu para muitos diretores, como Walter Salles, Cao Hamburger, Sérgio Machado, Marco Dutra e Márcia Faria. Nos Estados Unidos, é agenciada pela WME (William Morris Endeavor). Como diretora realizou diversos curtas premiados e o longa O animal cordial, que deu a Murilo Benício o prêmio de Melhor Ator no Festival de Cinema do Rio, em 2017.

EDUARDO VALENTE

Graduado em cinema pela UFF, seu trabalho de formatura, o curta Um sol alaranjado, recebeu em 2002 o primeiro prêmio da Cinéfondation, competição de filmes de escola do Festival de Cannes. Além de realizador, foi editor da revista de crítica de cinema online Cinética; curador e organizador de mostras e festivais de cinema; e ministrou oficinas de crítica, roteiro, direção e linguagem de cinema. Ocupou o cargo de assessor internacional da Ancine até junho de 2016, quando foi convidado pelo Festival de Berlim para atuar como consultor no Brasil. É curador de programação das mostras competitivas do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

REINALDO CARDENUTO - MEDIADOR

Professor Adjunto do Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF), é graduado em jornalismo (PUC-SP) e em Ciências Sociais (FFLCH-USP). Doutor em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, defendeu em 2014 a tese “O cinema político de Leon Hirszman (1976-1981): engajamento e resistência durante o regime militar brasileiro”. Suas pesquisas são voltadas principalmente para as áreas de História do Cinema e Dramaturgia. Foi professor da Fundação Armando Alvares Penteado, além de docente temporário na ECA-USP.

AUGUSTO MADEIRA

Ator de cinema, teatro e televisão. Deu início à sua carreira nos palcos e teve presença marcante no cinema de curta-metragem entre os anos 1990 e 2000, firmando frequentes parcerias com cineastas como Bruno Vianna e Eduardo Nunes. Foi premiado como Melhor Ator no Festival de Gramado de 2008, pelos curtas Blackout e Noite de domingo. Seu trabalho em longas-metragens abrange obras tanto de diretores consolidados quanto de estreantes, em filmes como Sudoeste, Nise: O coração da loucura, Quase memória e Bingo: O rei das manhãs, pelo qual recebeu o prêmio de Ator Coadjuvante no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. 

25 de setembro de 2018
Terça - 15h
Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias, 9 - Icaraí, Niterói
Entrada Franca

VÍDEO

Sem vídeos no momento

Você também pode gostar...

Procure outras atrações

Notícias - Mediação e Projetos

teste

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

WordPress Video Lightbox Plugin