Conteúdo Principal
UFF - Universidade Federal Fluminense
kuvars klinik dudak dolgusu ankara kolaybet en iyi casino siteleri vdcasino vdcasino giriş vdcasino sorunsuz giriş Sultanbet vdcasino yeni giriş gaziantep escort diyarbakır escort istanbul escort

Áurea Martins & João Senise - show Encontro de Tom Jobim & Frank Sinatra

Sessões:
05/12 (Qua) 20:00

 

ENCONTRO DE TOM JOBIM & FRANK SINATRA

O espetáculo Encontro de Tom Jobim & Frank Sinatra reúne a excepcional cantora Áurea Martins, o premiado maestro Gilson Peranzzetta, que assina a direção musical e os arranjos deste projeto e cantor João Senise, considerado a nova voz masculina no cenário brasileiro.

Celebrando os mais de 50 anos da gravação e lançamento do álbum Francis Albert Sinatra & Antonio Carlos Jobim, o projeto foi idealizado para promover o encontro de diferentes gerações no palco. Áurea Martins (77 anos) que durante 40 anos cantou nos melhores palcos cariocas, Gilson Peranzzetta (71 anos), pianista e arranjador de renome internacional, com 51 CDs lançados, e João Senise (29 anos) que já gravou cinco CDs, sendo um homenageando Frank Sinatra e outro a Bossa Nova. Três reconhecidos artistas brasileiros apaixonados pelo jazz e pela bossa-nova reverenciando seus ídolos.

ÁUREA MARTINS - Iniciou sua carreira na Rádio Nacional. Gravou seu primeiro disco como prêmio pelo primeiro lugar no programa A Grande Chance, de Flávio Cavalcanti, em 1969, na extinta TV Tupi. Com quatro CDs, um DVD e quatro LPs a intérprete cantou na noite carioca por mais de 40 anos. Ganhou o Prêmio da Música Brasileira, como Melhor Cantora de MPB (2009) com o CD Até sangrar, e lançou o segundo CD De ponta cabeça em 2010, os dois produzidos por Hermínio Bello de Carvalho, pelo selo Biscoito Fino.

Áurea concorreu como melhor cantora no Prêmio da Música Brasileira 2012, com seu primeiro DVD Iluminante, lançado no mesmo ano que o CD homônimo. Em 2014, estreou o espetáculo Elizethíssma - uma sincera homenagem a Elizeth Cardoso, com a cantora Alaíde Costa, idealizado por Hermínio Bello de Carvalho, ainda em turnê.

GILSON PERANZZETTA - Citado por Quincy Jones como um dos cinco maiores arranjadores do mundo, o pianista, compositor e arranjador Gilson Peranzzetta é um dos raros artistas brasileiros que merece o título de músico completo. Ele recebeu cinco Prêmios da Música Brasileira como Melhor Arranjador, Melhor Compositor e Melhor Intérprete. Em sua carreira, contabiliza 51 CDs solos além de centenas de outros CDs gravados como pianista, produtor e/ou arranjador. Compôs várias trilhas sonoras para filmes e seriados de televisão. Sua música Setembro, em parceria com Ivan Lins, foi incluída na trilha sonora da premiada série norte-americana Dallas e no filme Boys´n the hood, a canção Ciúme, no filme Dom, foi incluída Sorriso de luz, na minissérie brasileira Labirinto.

Peranzzetta tem atualmente 200 músicas compostas, muitas delas gravadas por artistas nacionais como Djavan, Ivan Lins, Leila Pinheiro, Dori Caymmi, Nana Caymmi e por artistas internacionais como George Benson, Sara Vaughn, Quincy Jones, Dianne Schurr, Dianne Reeves Jane Monheit, Terence Blanchard, Shirley Horn, entre outros. Apresenta-se anualmente no Japão, Estados Unidos, França, Alemanha e Espanha, onde morou por três anos.

Na linha “música de concerto”, compôs duas suítes para piano e orquestra: Metamorfose e Miragem, Cantos da vida e Valsa para Lili, para piano e orquestra de cordas.

JOÃO SENISE - Em quatro anos de carreira, o cantor e jornalista João Senise apresenta uma expressiva produção musical. Lançou quatro CDs solos, Just in time (2013), Abre alas - Canções de Ivan Lins (2015), Celebrando Sinatra (2016), Influência do jazz (2016), participou de importantes festivais e tem feito inúmeros shows por todo o Brasil com direção musical e arranjos do maestro Gilson Peranzzetta. Seu quinto CD Love letters foi lançado em 2017.

João, desde pequeno, convive num ambiente musical, junto com seu pai, o flautista e saxofonista Mauro Senise. João já apresentou em diversas cidades brasileiras, com destaque para apresentações na Sala Cecília Meireles, Rio de Janeiro/RJ, no Imperator, Rio de Janeiro/RJ, no Museu da Pampulha, em Belo Horizonte/MG; no Sorocaba Jazz Festival, em Sorocaba/SP; no XX Festival de Inverno de Domingos Martins/ES; no 6º Tiradentes Jazz Festival, em Tiradentes/MG, no Teatro SESI Goiânia com a Orquestra de Sopros do Cerrado, quando foi gravada ao vivo a música Ai, Ai, Ai que viria a fazer parte do cd Abre Alas; no Rio Jazz Fest, em Santos/SP, no Festival Jazz & Blues de Guaramiranga/CE, no Festival de Inverno de Petrópolis/RJ, nos SESCs 24 de maio e Araraquara.

No repertório, estão os grandes clássicos compostos por Tom Jobim e outros gravados por Sinatra, como Garota de Ipanema (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), Dindi (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira), Corcovado / Quiet nights of quiet stars (Tom Jobim / Gene Lees), Insensatez / How insentitive (Tom Jobim & Vinicius de Moraes / N. Gimbel), The lady is a tramp (Richard Rodgers / Lorenz Hart), Just friends (John Klenner / Sam M. Lewis), Fly me to the moon (Bart Howard), My way (Claude François / Jacques Revaux / Paul Anka) e New York, New York (John Kander / Fred Eb), entre outras.

Ficha Técnica
Áurea Martins - voz
João Senise - voz
Gilson Peranzzetta - direção musical / arranjos / piano
Zeca Assumpção - contrabaixo
João Cortez - bateria

05 de dezembro de 2018
Quarta - 20h

Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói - RJ
Ingressos: R$50 (inteira) e R$25 (meia)
Indicação etária - Livre

VÍDEO

Sem vídeos no momento

Você também pode gostar...

Procure outras atrações

Notícias - Shows

TEATRO DA UFF

Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói/RJ
344 lugares
Informações: 3674-7512 | a partir de 14h

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

WordPress Video Lightbox Plugin