Discografia

Grande parte da discografia da Orquestra Sinfônica Nacional é do período em que esteve ligada à Rádio MEC. São Gravações que dão acesso ao trabalho de composição e orquestração dos mais importantes compositores brasileiros. São milhares de fitas com registros de obras dos nossos mais antigos autores, como o padre José Maurício, até os contemporâneos, como o aclamado Guerra-Peixe, e os quase desconhecidos como Breno Blauth. Tais gravações, constituem uma amostragem ímpar da nossa música de concerto, pois, além de envolver a nata dos músicos, eram dirigidas por maestros do porte de Francisco Mignone, Eleazar de Carvalho e Alceu Bocchino. Após a incorporação à Universidade Federal Fluminense, o trabalho de preservação da música brasileira permaneceu. Em 2016, a orquestra lançou o CD OSN UFF interpreta Compositores de hoje ,; em 2017, o CD em parceria com Elomar, “O Menestrel e o SertãoMundo, Elomar e Orquestra Sinfônica Nacional UFF” e em 2019, o “OSN interpreta Edino Krieger”, um CD em comemoração aos 90 anos do compositor.

2019: OSN UFF Interpreta Edino Krieger – CD em homenagem aos 90 anos do compositor – Regente: Tobias Volkmann – Solista: Veruschka Mainhard

2017: O Menestrel e o SertãoMundo – Elomar e Orquestra Sinfônica Nacional UFF – Regente: Tobias Volkmann

2016: OSN UFF interpreta Compositores de hoje – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense (Marisa Rezende, Rami Levin, Pauxy Gentil-Nunes, Alexandre Shubert e Sergio Roberto de Oliveira).

2008: Família Real – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense (José Mauricio Nunes Garcia, Marcos Portugal, Sigismund Neukomm) CD/DVD

2008: Música Nova – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense (Willy Corrêa de Oliveira, Rogério Duprat, Gilberto Mendes, Luiz Carlos Vinholes) CD/DVD

2008: Música Viva – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense (César Guerra-Peixe, Claudio Santoro, Camargo Guarnieri, Eunice Katunda, Hans-Joachim Koellreutter) CD/DVD

2006: Alma Brasileira – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense – Música Brasileira no Tempo Vol. 2 (Francisco Mignone, Glauco Velásquez, Oscar Lorenzo Fernândez, Luciano Gallett, Francisco Braga, Heitor Villa-Lobos) – CD/DVD.

2006: Aurora luminosa: Música brasileira no alvorecer do século XX – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense – Música Brasileira no Tempo Vol. 1 – CD/DVD.

2002: MARIO TAVARES – Quatro Composições – Orquestra Sinfônica Nacional e Coro da Rádio MEC. Regente: Alceo Bocchino, Gravado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

1998: Villa-lobos – Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense – (Bachianas Brasileiras N°7, Uirapuru, Gênesis) – CD     2006: A Orquestra Sinfônica Nacional interpreta Mignone e Gnattali – Selo Rádio MEC

1988: Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense – (Carlos Gomes, Alberto Nepomuceno, Villa-Lobos, Mignone, Siqueira e Guarnieri) – LP.

1979: Documentos da Música Brasileira – Vol. 3 – Compositores dirigem suas obras – Francisco Mignone. Noel Devos: Fagote. Maria Josephina Mignone : Piano.

1979: Documentos da Música Brasileira – Vol. 2 – Compositores dirigem suas obras – Camargo Guarnieri. Laís de Souza Brasil: Piano.

1979: Documentos da Música Brasileira – Vol. 1 – Compositores dirigem suas obras – Guerra Peixe – A Retirada da Laguna.

1974: Hinos do Brasil interpretados por Maria Lucia Godoy com o Coro da Radio M.E.C e Orquestra Sinfonica Nacional regida por Mário Tavares. Lançado em 1974 pela Deutsche Grammophon.

1971: Lindembergue Cardoso – Memória, Vol.3: Orquestra e Coro – (Faixa 8) – Pleorama (1971), Orquestra Sinfônica Nacional, Alceu Bocchino, regente.

José Siqueira, Toada e Concertino para Viola – Viola: Frederick Stephany – Orquestra Sinfônica Nacional, José Siqueira, regente

Luiz Cosme – Salamanca do Jarau (lenda-bailado) – Orquestra Sinfônica Nacional da Rádio MEC, Mario Tavares, regente.

1979: FRANCISCO MIGNONE – Um Concerto e Dezenove Canções – Orquestra Sinfônica Nacional, Regência: Alceo Bocchino, Piano: Maria Josephina Mignone.

1972: EDINO KRIEGER – Canticum Naturale, Orquestra Sinfônica Nacional.

CLÁUDIO SANTORO – Um Concerto, três Sonatas, uma Sonatina, um Canto, um Vocalise e uma Música para Orquestra de Cordas, Orquestra Sinfônica Nacional.

1969: RADAMÉS GNATTALI – Concerto Romântico Brasiliana nº 6  –  Orquestra Sinfônica Nacional, Regente: Alceo Bocchino.

1968: RADAMÉS GNATTALI – Três Concertos e uma Brasiliana, OSN, Regencia Alceo Bocchino, Radamés Gnattali: piano. Iberê Gomes Grosso: Violoncelo, Chiquinho do Acordeon: Acordeão  –  Orquestra Sinfônica Nacional, Regente: Alceo Bocchino.

CAMARGO GUARNIERI – Homenagem a Villa-Lobos – Orquestra Sinfônica Nacional, Regente: Camargo Guarnieri.

1965: Monumento da música clássica brasileira Vol.5- Na corte de D. Pedro II – LP – EMI.

1962: Hekel Tavares – Concertos em formas brasileiras – Oscar Borgerth, Violino, Souza Lima, Piano, Orquestra Sinfônica Nacional – Regente: Hekel Tavares.