Skip to main content
UFF - Universidade Federal Fluminense

Notícias

<< Voltar

Música

Coral Brasil Ensemble homenageia Brahms, Massenet e outros compositores

Lembrando os 120 anos de falecimento do compositor alemão Johannes Brahms (1833-1897), o Coral Ensemble – UFRJ abrirá com uma obra dele a noite de homenagens a grandes compositores do passado e do presente, no dia 9 de maio. Acompanhado da pianista Claudia Marcia Feitosa, o grupo interpretará o ciclo de canções ciganas Zigeunerlieder opus 103, escrito entre 1887 e 1888. A apresentação do coro de câmara será às 19h30, no Teatro da UFF, sob a regência de Maria José Chevitarese, diretora da Escola de Música da UFRJ e professora titular da mesma universidade. Os ingressos custam R$14 e R$7 (meia).

Outro homenageado pelo coral será o compositor francês Jules Massenet (1842-1912), que em 2017 completa 105 anos de falecimento. Ele será lembrado pela canção Nuit d’Espagne, na voz do tenor Bruno dos Anjos. Entre os compositores da nova geração, destaca-se o compositor brasileiro Liduíno Pitombeira (1962), com sua obra Bará opus 96, que encerra o concerto. O programa também inclui obras de Gabriel Fauré (1845-1924), Randall Thompson (1899-1984), Donald Patriquim (1938), Nivaldo Araneda (1968) e letra de Frederico Garcia Lorca (1898-1936), Philip WJ Stopfod (1977) e Aaron Copland (1900-1990), na voz da soprano Aline Talon.

Sobre o Coral Brasil Ensemble – UFRJ

Criado em setembro de 1999 por Maria José Chevitarese, o coral Brasil Ensemble – UFRJ recebeu em 2000 o Diploma de Prata na categoria de coros de câmara, vozes mistas, na Choir Olympics 2000, em Linz, Áustria. Atuou junto a Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica da UFRJ e Orquestra Sinfônica Nacional na Sala Cecília Meireles e no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Participou das óperas Amahl e os visitantes da noite de Menotti, no Centro Cultural do Banco do Brasil, Maroquinhas Fru-Fru de Ernst Mahle, Joca, Juca e o pé de jaca de Rafael Bezerra (primeira audição mundial), O Cavalinho Azul de Tim Rescala e Os irmãos repentistas e os pandeiros encantados de Rafael Bezerra (primeira audição mundial) João e Maria de Engelbert Humperdinck. Com a Orquestra Filarmônica do Espírito Santo cantou o Réquiem de Verdi, sob a regência de Leonardo David, Nona Sinfonia de Beethoven e Missa em C maior, sob a regência de Helder Trefzger.

Gravou com a Orquestra Sinfônica da UFRJ o Réquiem e o Te Deum do Padre José Mauricio Nunes Garcia como parte das comemorações dos 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil. Em 2013 gravou o Cd Imagens do Brasil – séculos XX e XXI com obras dos compositores brasileiros Francisco Mignone, Ernani Aguiar, Ricardo Tacuchian, Antonio Vaz, Eduardo Biato e Roberto Macedo, algumas obras em primeira gravação mundial. Em 2014 gravou o Cd Alberto Nepomuceno – 150 anos.

WordPress Video Lightbox Plugin