Skip to main content
UFF - Universidade Federal Fluminense

Mostra Kleber Mendonça Filho

Sessões:
19/08 (Seg) 18:10 - 19/08 (Seg) 20:00 - 20/08 (Ter) 18:10
20/08 (Ter) 20:00

 

Próximo do lançamento de Bacurau, o Cine Arte UFF homenageia Kleber Mendonça Filho, um dos diretores mais importantes da atualidade e, sem dúvidas, o mais catártico cineasta brasileiro dos últimos tempos. A mostra contempla quase toda a filmografia de Kleber, exibindo desde seus curtas realizados a partir do final da década de noventa, até seu penúltimo longa. Os curtas, onde o realizador experimenta gêneros como ficção científica, fantasia e mocumentário, receberam diversos prêmios nos festivais mais importantes do Brasil. Em seus longas Crítico, O som ao redor e Aquarius, também premiados nacional e internacionalmente, tendo o último concorrido pela Palma de Ouro em Cannes, Kleber costura temas como espaço, memória e resistência, sempre com muito domínio da arte de fazer cinema, proporcionando imagens potentes sobre cenários sociais e políticos brasileiros.

 Dia 19 | 18h10 - Ingressos a R$ 5

 

CRÍTICO
Brasil, 2008, 76’, 12 anos
De Kléber Mendonça Filho

O filme Crítico é a primeira experiência em longa-metragem do cineasta Kleber Mendonça Filho. Neste documentário, cerca de setenta críticos e cineastas, entrevistados no Brasil e no exterior, discutem o cinema a partir do conflito que existe entre o artista e o observador, o criador e o crítico.

 

 

 

 

 Dia 19 | 20h - Ingressos a R$ 5

 

 

 

 

 

 

 

 

O SOM AO REDOR
Brasil, 2012, 131’, 16 anos
De Kléber Mendonça Filho
Com Irandhir Santos, Gustavo Jahn, Maeve Jinkings

A vida numa rua de classe-média na zona sul do Recife toma um rumo inesperado após a chegada de uma milícia que oferece a paz da segurança particular. A presença desses homens traz tranquilidade para alguns e tensão para outros, numa comunidade que parece temer muita coisa. Enquanto isso, Bia, casada e mãe de duas crianças, precisa achar uma maneira de lidar com os latidos constantes do cão de seu vizinho. Uma crônica brasileira, uma reflexão sobre história, violência e barulho. Prêmio da Crítica, Prêmio do Júri Popular e Melhor Desenho de Som no Festival de Gramado 2012, Melhor Filme e Roteiro no Festival do Rio 2012, Melhor Filme na Mostra de São Paulo 2012 e outros 25 prêmios nacionais e internacionais.

Dia 20 | 18h10

SESSÃO DE CURTAS – Entrada franca – 133’, 14 anos
A sessão traz cinco curtas de Kleber e um de Juliano Dornelles, seu parceiro na direção de Bacurau.

 

ENJAULADO
Brasil, 1997, 33’
De Kleber Mendonça Filho, com Charles Hodges

Após sofrer um trauma urbano, um homem morador de um apartamento suburbano de segurança máxima começa a enlouquecer. Cercado de medo e paranóia, ele se torna prisioneiro do seu próprio mundo.

VINIL VERDE
Brasil, 2005, 17’
De Kleber Mendonça Filho, com Verônica Alves, Gabriela Souza, Ivan Soares

Uma mãe dá de presente para sua filha uma caixa cheia de velhos disquinhos coloridos. A menina pode ouvi-los, exceto o vinil verde. Prêmio da Crítica, Melhor Direção, Montagem e Som no Festival de Brasília 2004 e Melhor Curta 35mm, Prêmio da Crítica e Melhor Edição de Som no Cine PE 2005.

ELETRODOMÉSTICA
Brasil, 2005, 22’
De Kleber Mendonça Filho, com Magdale Alves, Pedro Bandeira, Gabriela Souza

Classe média, anos 90, 220 Volts. Melhor Atriz, Prêmio da Crítica e do Júri Popular no Cine PE 2006.

NOITE DE SEXTA, MANHÃ DE SÁBADO
Brasil, 2007, 15’
De Kleber Mendonça Filho, com Bohdana Smyrnova, Pedro Sotero

Homem encontra mulher. Os dois conversam e tentam se conectar através de uma ligação. Prêmio da Crítica e Melhor Atriz no Festival de Brasília 2006.

MENS SANA IN CORPORE SANO
Brasil, 2011, 22’
De Juliano Dornelles, com Flávio Danilo

Garra, disciplina, tenacidade, força física e obediência; Estes são os tesouros guardados para que tenhamos uma vida mais plena e saudável. O seu corpo agradece! 

RECIFE FRIO
Brasil, 2009, 24’, Livre
De Kleber Mendonça Filho, com Lia de Itamaracá, Rodrigo Riszla, Andrés Schaffer

A cidade brasileira de Recife, que já foi tropical, agora é fria, chuvosa e triste, depois de passar por uma desconhecida mudança climática. Melhor Curta de Ficção no GPCB 2011, Melhor Direção, Roteiro e Direção de Arte de Curta 35mm no Cine PE 2010 e Melhor Filme, Direção e Roteiro no Festival de Brasília 2009.

Dia 20 | 20h - Ingressos a R$ 5

 

AQUARIUS
Brasil/França, 2016, 141’, 16 anos
De Kleber Mendonça Filho
Com Sonia Braga, Maeve Jinkings, Irandhir Santos, Humberto Carrão

Clara mora de frente para o mar no Aquarius, último prédio de estilo antigo da Av. Boa Viagem, no Recife. Jornalista aposentada e escritora, viúva com três filhos adultos e dona de um aconchegante apartamento repleto de discos e livros, ela irá enfrentar as investidas de uma construtora que tem outros planos para aquele terreno: demolir o Aquarius e dar lugar a um novo empreendimento. Melhor Atriz e Diretor nos Prêmios Fénix 2016, Melhor Filme no Festival de Sydney 2016, no Festival World Cinema Amsterdam, no Festival de Transatlantyk, Polônia, e no Festival de Cartagena 2017, Prêmio da Crítica e Melhor Atriz no Festival de Havana 2016 e Melhor Atriz nos Prêmios Platino de Cinema Ibero-americano 2017.

nac 14

TRAILER

Sem vídeos no momento

Você também pode gostar...

Procure outras atrações

Notícias - Cinema

 


INGRESSOS

Inteira – R$ 16,00 | Meia – R$ 8,00
(Exceto segundas-feiras)

Segunda-feira  -R$ 5,00
(Promoção “Meia-entrada para todos”)

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

WordPress Video Lightbox Plugin