Skip to main content
UFF - Universidade Federal Fluminense

MOSTRA BERGMAN

Sessões:
06/09 (Qui) 16:50 - 07/09 (Sex) 16:50 - 08/09 (Sab) 16:50
09/09 (Dom) 16:50 - 10/09 (Seg) 16:50 - 11/09 (Ter) 16:50

 

Reunimos duas comemorações em uma só: os 100 anos de nascimento do grande cineasta Ingmar Bergman e os 50 anos do Cine Arte UFF.

 

Dia 06, quinta, 16h50

 

BERGMAN – 100 ANOS

Bergman: A year in a life, Suécia/Noruega, 2018, 116’, 12 anos
De Jane Magnusson

Em 2018, o diretor sueco Ingmar Bergman, falecido em 2007, teria completado 100 anos. Este documentário resgata a obra monumental do cineasta, autor de filmes como O sétimo selo, Morangos silvestres, Persona, Gritos e sussurros, Luz de inverno, O ovo da serpente e Fanny & Alexander. O foco é o ano de 1957, quando Bergman lança dois filmes, filma mais dois, dirige um telefilme e quatro peças de teatro. Conversando com atores, colaboradores, críticos e historiadores, o filme traça o retrato de um homem obsessivo, instável, difícil de lidar, mas ao mesmo tempo um dos maiores artistas da história da Suécia, e também o único diretor a receber a "Palma das Palmas" no Festival de Cannes.

 

Dia 07, sexta, 16h50

 

O SÉTIMO SELO

Det sjunde inseglet, Suécia, 1957, 96’, 12 anos
De Ingmar Bergman
Com Max Von Sydow, Gunnar Björnstrand, Nils Poppe, Bibi Andersson

O cavaleiro Antonius Block retorna das Cruzadas para uma Suécia devastada pela peste negra e pela Inquisição. Ao mesmo tempo, uma pequena trupe de artistas circenses procura manter a alegria e esperança enquanto tenta fugir da peste. Em suas andanças, Antonius encontra a morte, que o desafia para uma partida de xadrez. Vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Cannes 1957.

 

Dia 08, sábado, 16h50

 

MORANGOS SILVESTRES

Smultronstället, Suécia, 1957, 91’, 10 anos
De Ingmar Bergman
Com Victor Sjöström, Gunnar Björnstrand, Ingrid Thulin, Bibi Andersson

Isak Borg, respeitado professor de Medicina, é convidado por sua universidade de formação, na cidade sueca de Lund, para a cerimônia de comemoração pelos seus 50 anos de carreira. Isak viaja com a nora, Marianne, que passa por uma crise no casamento, e durante o percurso é obrigado a enfrentar o vazio de sua existência. Um delicado e poético filme sobre a mortalidade e o passado. Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim 1958 e do Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro em 1960.

 

Dia 09, domingo, 16h50

 

PERSONA

Persona, Suécia, 1966, 84’, 14 anos
De Ingmar Bergman
Com Bibi Andersson, Liv Ullmann, Margaretha Krook

Após um desempenho na peça Electra, uma famosa atriz, Elisabeth Vogler, para de falar. Sua psiquiatra, Lakaren, a deixa sob os cuidados de Alma, uma dedicada enfermeira, e depois decide que ela deve ser mandada para uma isolada casa de praia. Na casa, Alma fala pelas duas, pois Elisabet comunica-se apenas com pequenos gestos. Com o convívio, Alma fica fascinada pela atriz. Melhor Filme e Melhor Atriz no Prêmio Guldbagge de 1967, Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Diretor pela Sociedade Nacional de Críticos de Cinema dos EUA em 1968.

 

Dia 10, segunda, 16h50

 

GRITOS E SUSSURROS

Viskningar och rop, Suécia, 1972, 91’, 14 anos
De Ingmar Bergman
Com Liv Ullmann, Ingrid Thulin, Harriet Andersson

Em uma casa no campo, uma mulher está bastante enferma e recebe cuidados de suas duas irmãs e de uma empregada da família. Dentro deste contexto, elas começam a sonhar e se lembrar de eventos traumáticos que revelam suas angústias, segredos e medos. Requintada reflexão sobre o fim da existência e também sobre a incapacidade de se viver uma vida plena, essa obra de Bergman permanece perturbadora quase 50 anos depois de sua estreia. E o vermelho, cor predominante dos cenários, jamais encontrou no cinema tamanha força e significado. Grande Prêmio Técnico no Festival de Cannes 1973 e Oscar de Melhor Fotografia em 1974.

 

Dia 11, terça, 16h50

 

SONATA DE OUTONO

Höstsonaten, Suécia/Fra/Ale/RU, 1978, 97’, 12 anos
De Ingmar Bergman
Com Ingrid Bergman, Liv Ullmann, Lena Nyman

Após ter sido uma mãe ausente por anos, Charlotte, uma renomada pianista, vai até a casa de sua filha Eva para lhe fazer uma visita. Ela se surpreende ao encontrar sua outra filha, Helena, que tem problemas mentais. Eva tirou Helena da instituição em que Charlotte a havia internado para cuidar dela em casa. A tensão entre mãe e filha começa a crescer até elas colocarem tudo em panos limpos, dizendo o que sempre quiseram dizer. Melhor Filme Estrangeiro no Globo de Ouro de 1979, Prêmio David di Donatella de Melhor Atriz Estrangeira em 1979 e Melhor Atriz pela Sociedade Nacional de Críticos de Cinema dos EUA em 1979.

leg 10

TRAILER

Sem vídeos no momento

Você também pode gostar...

Procure outras atrações

Notícias - Cinema

 


INGRESSOS

Inteira – R$ 16,00 | Meia – R$ 8,00
(Exceto segundas-feiras)

Segunda-feira  -R$ 5,00
(Promoção “Meia-entrada para todos”)

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

WordPress Video Lightbox Plugin