Conteúdo Principal
UFF - Universidade Federal Fluminense
kuvars klinik dudak dolgusu ankara kolaybet en iyi casino siteleri vdcasino vdcasino giriş vdcasino sorunsuz giriş Sultanbet vdcasino yeni giriş gaziantep escort diyarbakır escort istanbul escort

Cine Debate – Martírio

Sessões:
02/09 (Qui) 18:00

 

Na semana em o Supremo Tribunal Federal retomará a discussão e votação da tese do Marco Temporal, o Centro de Artes UFF organizou uma sessão do Cine Debate especial para conversar sobre o tema. A iminência da votação provocou a formação do Acampamento Luta pela Vida em Brasília, a maior mobilização de indígenas recente, reunindo mais de 6 mil pessoas, no meio de uma pandemia global ainda em vigor, ainda que seguindo um exemplar protocolo contra a contaminação do coronavírus.

Trata-se de um dos casos mais emblemáticos para os direitos dos povos originários do século, pois servirá de diretriz para a gestão federal e de todas as instâncias da Justiça no que diz respeito aos procedimentos demarcatórios de terras. A tese do Marco Temporal, defendida amplamente pelo setor ruralista, argumenta que apenas as terras que já estavam sob uso de indígenas em 5 de outubro 1988 podem ser reivindicadas. A tese confronta com a Constituição que promulga “São reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre as terras que tradicionalmente ocupam, competindo à União demarcá-las, proteger e fazer respeitar todos os seus bens”, sem, no entanto, falar em datas.

Para somar ao debate, exibiremos o premiado documentário Martírio, de Vicent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tatiana Almeida.

Sessão seguida de bate papo que relacionará o filme com o recente debate do marco temporal das terras dos povos originários. Participarão do debate Idjahure Kadiwel e Izaque João, pesquisadores do PPGAS/USP. Mediação de Pedro Gradella.

SESSÃO

Martírio, de Vicent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tatiana Almeida
Documentário, Brasil, 2017, 162´

O retorno ao princípio da grande marcha de retomada dos territórios sagrados Guarani Kaiowá através das filmagens de Vincent Carelli, que registrou o nascedouro do movimento na década de 1980. Vinte anos mais tarde, tomado pelos relatos de sucessivos massacres, Carelli busca as origens deste genocídio, um conflito de forças desproporcionais: a insurgência pacífica e obstinada dos despossuídos Guarani Kaiowá frente ao poderoso aparato do agronegócio.


02 de setembro de 2021
Quinta | 18h
Transmissão no Facebook do Centro de Artes UFF

nac 14 grátis

TRAILER

Você também pode gostar...

Procure outras atrações

Notícias - Cinema

 


INGRESSOS

Inteira – R$ 16,00 | Meia – R$ 8,00
(Exceto segundas-feiras)

Segunda-feira  -R$ 5,00
(Promoção “Meia-entrada para todos”)

0 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

WordPress Video Lightbox Plugin